Evite o consumismo descontrolado!
Consumismo

Evite o consumismo descontrolado!

O consumismo é a ação descontrolada de comprar aquilo que não é necessidade, diferente do consumo, que é ação de comprar aquilo que é necessário.

Não há uma causa específica para o consumismo. É comum nos dias de hoje, principalmente nesse período de pandemia, que a ansiedade e depressão sejam grandes vilões do bolso. Muitas pessoas encontram no comportamento compulsivo, a busca de alívio por meio das compras.

É difícil explicar as causas das compras impulsivas, há muitas questões psicológicas envolvidas. Esse comportamento é motivado por uma série de fatores que envolvem desde a mídia até as táticas de propaganda. Mas você pode fazer sua parte para tentar evitar o consumismo e reduzir os gastos desnecessários na sua vida.

Separamos algumas dicas para te ajudar a evitar o consumismo fora de controle que afeta a sua vida financeira.

1. Compare os preços. 

Antes de realizar uma compra, compare o preço do mesmo produto em lojas diferentes, ou marcas diferentes. Fechar os olhos e comprar o primeiro que aparecer, nem sempre te ajuda a economizar. Pesquisar preço te dá tempo para pensar se aquela compra é mesmo necessária ou nem tanto. 

2. Não compre se o seu limite estiver estourado. 

Seu cartão de crédito, limite do cheque especial ou qualquer outra dívida está fugindo do controle por compras que você fez? Esse pode ser um sinal de que você está dando um passo importante em direção às compras problemáticas.

Evite que suas compras virem uma bola de neve, sem controle, assim você fica no vermelho, com nome sujo, e com muitas dificuldades para contornar a situação.

Pagar apenas o mínimo do cartão de crédito também pode ser um mau sinal. Não deixe sua compulsão por compras, te escravizar, evite usar o limite do cartão como complemento de renda.

3. Compras não é lazer! 

Se ir às se ir às compras é um dos seus principais passeios a lazer, fique atento! Isso pode estar te prejudicando. Ir às compras sem ter o que comprar também é outra face desse mesmo comportamento.  

Encontre outras atividades que podem trazer a você uma felicidade genuína sem comprometer suas finanças com compras desnecessárias. 

4. Está triste ou com raiva? Não vá às compras!  

Evite contar com o ato de comprar para aliviar suas tensões, pois isso pode acarretar dívidas desnecessárias e arrependimento pela compra em um curto prazo de tempo.  

Fazer compras para se acalmar ou se sentir melhor, acaba te trazendo mais problemas, mas dificuldades e não te ajuda a enfrentar o problema real. Cuidado! 

Não deixe as emoções impactarem na sua vida financeira! Você ainda pode reavaliar seus hábitos de consumo  

5. Foque nas suas metas financeiras. 

A parte mais complicada do consumismo é que ele afasta você dos seus planos de vida e objetivos financeiros. 

Quando você gasta muito, fica quase impossível realizar alguns sonhos que envolva dinheiro. Você precisa manter o orçamento equilibrado, evitar dívidas e poupar todo mês. 

Encontre a motivação para combater seus impulsos consumistas fazendo um planejamento de metas, sair do aluguel, comprar uma casa, trocar de carro, fazer um curso ou a viagem dos seus sonhos. 

Você pode ter uma vida financeira tranquila, basta se educar financeiramente. Esperamos ter ajudado com nossas dicas dessa semana!